Todo designer com um mínimo de bagagem já passou pela incômoda situação de ter seu job totalmente reformulado pelo(a) ______________ (coloque aqui o nome do parente) do cliente.
O negócio é que por mais que essa situação se repita, a experiência é sempre traumática e deixa traços profundos que, acredito eu, um dia ainda vão me proporcionar um belo infarto do miocário.
Nesta semana que passou um cliente me pediu para formatar um cartão de visitas. Trampo moleza, certo?
Modéstia à conchinchina, o cartão ficou bem bacana e eu já enviei a arte acertando os detalhes da impressão. O que eu não esperava era receber um reply com uma nova arte, formatada em WORD no reply. O plano de fundo:

Ruim? Que nada, permita-me encantar-lo com a lista de famílias tipográficas utilizadas no cartão:

Eu não sei qual foi o milagre que impediu essa criatura de usar comic sans.

Deprimente? Sim. Eu discuti? Não. Só precisava desabafar.
Próximo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s